Nacional

TAP retoma mais de 140 rotas entre agosto e setembro

No total, serão cerca de 1200 voos semanais, de ida e volta. Destaque para os 22 voos semanais para o Brasil, 30 para a América do Norte, 59 para África e Médio Oriente e 498 para 35 cidades europeias

A TAP “está a repor gradualmente” a sua operação e tem já programados 500 voos semanas para agosto, num total de 66 rotas. Já em setembro, a companhia prevê realizar perto de 700 voos, em 76 rotas, atingindo, então, cerca de 40% da sua operação normal pré-covid.

Assim, em agosto, a companhia aérea portuguesa passa a oferecer 18 voos semanais para o Brasil, 20 voos para seis destinos na América do Norte, 44 voos para nove destinos em África, 329 voos para 30 cidades na Europa e 126 voos para seis aeroportos nacionais.

O Porto passa a contar com ligações a Ponta Delgada, Rio de Janeiro, Newark, Londres, Milão e Zurique, que se juntam às ligações a Paris, Luxemburgo e ao Funchal repostas em julho. Em Setembro arranca a rota Porto – Amesterdão.

Em comunicado, a TAP explica precisamente que é em setembro que vai repor “de forma mais significativa” a sua operação, “retomando cerca de 40 por cento do que era a sua oferta normal no período pré-Covid”. A transportadora aérea nacional terá, então, 22 voos por semana para o Brasil, 30 voos em oito rotas na América do Norte, 59 voos para 13 cidades em África e no Médio Oriente, 498 voos para 35 cidades europeias e 159 voos entre seis cidades de Portugal.

A lista de rotas e voos “poderá ser ajustada sempre que as circunstâncias o exijam”, designadamente em função da procura ou “face à dinâmica da evolução das imposições e restrições dos vários países” devido à evolução da pandemia.

No comunicado, a empresa afiança que “mesmo sabendo que o ambiente a bordo é dos mais esterilizados e seguros do ponto de vista do contágio de doenças infectocontagiosas, dada a qualidade do ar e a configuração da cabina, a TAP ajustou as rotinas e implementou novos e reforçados procedimentos, garantindo a todos os passageiros um ambiente Clean & Safe em todas as fases da viagem”, sublinhando que “a saúde e segurança de todos são a prioridade da TAP”.

Entretanto, a empresa anuncia, também, que irá prolongar a sua campanha “Reserve com Confiança”, que permite uma alteração gratuita, até 31 de agosto. A campanha, cujas condições podem ser consultadas em detalhe aqui, é aplicável a bilhetes emitidos entre 1 e 31 de agosto, com período de viagem até 31 de outubro. A alteração tem que ser efetuada com “21 dias de antecedência” em relação à data do voo, sendo que a taxa de alteração é gratuita, mas, as diferenças tarifárias, caso existam, serão aplicáveis. A nova data de viagem terá de acontecer até 30 de junho de 2021, ou dentro da validade do bilhete, “sendo aplicável aquela que expire em primeiro lugar”. A campanha só é válida para voos operados pela TAP.

Leia mais noticiário económico em Dinheiro Vivo

Mostrar mais

Artigos relacionados