Nacional

Portugal com 59 mortes, um novo máximo diário, e mais 3927 casos nas últimas 24 horas

O confinamento parcial entrou esta quarta-feira em vigor em 121 concelhos de Portugal continental onde há “risco elevado de transmissão da covid-19”. Os casos activos de infecção diminuíram pela primeira vez desde 20 de Outubro. Itália impõe recolher obrigatório nacional a partir desta quinta-feira. Rússia, Bulgária e Ucrânia com maiores aumentos do número de casos.

Portugal registou mais 59 mortes por covid-19, um novo máximo diário desde o início da pandemia, e 3927 novos casos de infecção. O número de vítimas mortais no país sobe assim para 2694.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira da Direcção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de mais 7497 casos, mas contabiliza “o somatório de 3570 casos, decorrentes do atraso no reporte laboratorial, principalmente de um laboratório na região Norte”, desde o dia 30 de Outubro. Com estes números, o total de infectados ascende a 156.940 desde o início da pandemia.

Até às 00h desta quarta-feira, mais 2357 pessoas foram dadas como recuperadas, aumentando o total de recuperações para 88.946. Excluindo estes casos e os óbitos, há 65.300 casos activos em Portugal, mais 5081 do que os verificados na terça-feira.

Há 2337 pessoas internadas (menos 12 do que na terça-feira), das quais 325 estão nos cuidados intensivos (mais cinco).

Fonte
publico.pt
Mostrar mais

Artigos relacionados